top of page
  • Foto do escritorAffetic

4 benefícios da música para a produtividade no trabalho


De acordo com um estudo realizado por Teresa Lesiuk, da Universidade de Windsor, no Canadá, a música cria uma “mudança positiva de humor e melhora a percepção enquanto trabalha”.


As pesquisas têm razão, mas ouvir músicas aleatórias não surte o mesmo efeito. Alguns fatores devem ser considerados na escolha da playlist. Cada gênero musical tem um efeito distinto nas funções cerebrais. Além disso, a natureza do trabalho também importa. A música reproduzida deve corresponder às tarefas que estão sendo executadas. Por exemplo: a música ambiente funciona melhor para um trabalho que exige memória, enquanto a música eletrônica combina mais com o trabalho repetitivo. E há trabalhos que funcionam melhor sem música, como tarefas gerenciais e que demandam maior foco e raciocínio.


Faça o teste! Mas, antes disso, confira abaixo os benefícios da 4ª arte aplicada na rotina de trabalho e na produtividade:


1. A música reduz o tédio, aumenta a criatividade e os níveis de desempenho no trabalho.

Há duas causas que geram estresse no trabalho e diminuem a produtividade: o tédio e o barulho. Essas causas podem afetar diretamente o resultado e a performance de um profissional. Um estudo da Mindlab International Ltd mostra que as músicas pop e dance produzem o desempenho geral mais rápido para o trabalho, além de ajudar a reduzir erros quando comparado a quando não ouve música. Esses gêneros tornam as tarefas repetitivas mais agradáveis. Além disso, a música também pode aumentar a sua criatividade. Cada vez que uma nova música surge, ela desperta os sentidos e fornece uma mudança na linha de pensamento e pode ajudar a brotar novas ideias.

2. A música pode melhorar a concentração e a agilidade

Alguns trabalhos exigem maior concentração e atenção de uma pessoa. Para um trabalho intenso e imersivo, que requer agilidade e não deixa espaço para erros, recomendamos a música clássica. Como esse tipo de música é ambiente, ouvi-la é melhor para concluir tarefas que envolvem números, precisão e grande atenção à detalhes. Ela também irá bloquear qualquer distração em locais de trabalho mais ruidosos.


Além da música clássica, existem outros gêneros que melhoram a concentração. Música instrumental funciona bem (já que as letras podem ser uma distração). Mantendo o volume da música baixo, como música de fundo, fica mais difícil desviar a atenção do seu trabalho.

3. Música pode melhorar o ambiente de trabalho e atitudes

Você já notou que os hits mais “alegres” da música pop são tocados na maioria dos espaços de varejo? Não só a música alegrinha atrai os clientes e assim se entusiasmam ao fazer compras, mas também energiza os funcionários.


Então, como ouvir música melhora a atitude de alguém? Primeiro: cria vibrações positivas. A maioria dos clientes se sente feliz em visitar um espaço de trabalho onde eles vêem que os funcionários estão felizes com seu trabalho.

Em segundo lugar, os colegas de trabalho também podem falar sobre os tipos de música de que gostam e talvez até encontrem interesses musicais em comum. A música é uma maneira fantástica de relaxar e descontrair em ambientes de alto estresse. Isso traz melhores atitudes entre os funcionários, que se sentem mais felizes, especialmente quando precisam de uma “forcinha”.


A música te ajuda a tirar sua mente dos problemas imediatos e permite que você veja o quadro geral. No subconsciente, a música que você gosta e está familiarizado pode trazer experiências positivas do passado e ajudá-lo a se sentir bem no trabalho. À medida que as empresas passam por altos e baixos, a música pode dar aos funcionários um impulso necessário de confiança e aliviar o estresse.


4. Música pode melhorar a memória

A música pode induzir um estado de meditação e permite que você se desvincule do “ruído” e retenha melhor as informações. Os enfermeiros (que precisam lembrar-se de procedimentos e protocolos) e vendedores (que precisam se lembrar das informações do produto) se beneficiam disso. E o tipo de música é importante. Existem diferenças no efeito da música, mesmo dentro do mesmo gênero.


Em referência ao "Efeito Mozart", um estudo realizado pela Universidade Sapienza de Roma descobriu que, ao ouvir “Allegro” de Mozart, desencadearam-se mudanças na atividade cerebral ligadas à memória e à cognição. No entanto, as mesmas mudanças não foram registradas ao ouvir a melodia clássica de Beethoven, Für Elise. Da mesma forma, de acordo com outro estudo sobre o efeito Vivaldi, “Four Seasons”, de Vivaldi, teve um efeito positivo sobre o desempenho cognitivo de adultos em duas tarefas de memória operacional.

Viu como a música pode nos ajudar a ter mais foco e felicidade no trabalho?

Para você colocar em prática essas dicas, acesse o nosso perfil no Spotify. Preparamos playlists mais que especiais para você: http://bit.ly/AffeticBabySpotify Fonte: https://blog.bettha.com/beneficios-musica-produtividade/

34 visualizações0 comentário

Comments

Rated 0 out of 5 stars.
No ratings yet

Add a rating
bottom of page